Sobre a garantia de fábrica

Eu hesitei muito em modificar meu RS. Acredito que essa seja a mesma situação que de muitos proprietários do RS: não queremos perder a garantia de fábrica, certo? Quem leu meu relato no Medium sabe que eu tive muitos problemas com a qualidade dos serviços prestado pelas concessionárias – de danificarem bancos, arranharem painel, criarem ruídos e todo tipo de problemas. A gota d’água foi quando após a revisão dos 14 mil km, se negarem a mexer num barulho do painel que eles mesmos haviam ocasionado, por alegarem que não era coberto pela garantia, bem como o carro começou a vazar óleo pela junta do cárter.

No caso da junta, a concessionária se prontificou a arrumar. Mas eu já não acreditava que eles seriam capazes de arrumar sem causar um outro problema. Porém, o intuito aqui não é nem falar do meu caso, mas usá-lo para começar uma discussão.

Como este é um artigo de opinião, darei a minha: acredito que parte do motivo da garantia de 3 anos é garantir que você fique preso com um serviço caro e ruim, com objetivo gerar fluxo e claro, caixa para a concessionária. Você fica 3 anos presos com eles para manter a “garantia”, fazendo um serviço bem questionável.

Depois dos fatos citados, eu decidi que iria começar a fazer as revisões em uma mecânica de confiança, onde uso óleo melhor (motul) e conheço a capacitação da mão de obra. E resolvi partir para mudar o que gostaria no carro, sem medo. De lá para cá, já veio coletor, escape, remap, intake, short shifter…

Talvez em algum momento eu me arrependa da decisão. Mas, até o atual momento, não me arrependo. Os problemas que a concessionária causou foram todos sanados. O carro está bem melhor do que na época.

Só se vive uma vez e a vida é muito curto para se censurar por garantia que não te respeita.
Só se vive uma vez e a vida é muito curto para se censurar por garantia que não te respeita.

Tá. Mas qual ponto? Tá dizendo que eu, leitor, devo abrir mão da concessionária?

De modo algum. Se você tem boas experiências, mantenha assim. É só levantar uma reflexão: se para você não estiver bom e você é como eu, que gostaria de modificar seu carro, vale continuar insistindo nesse serviço para manter uma suposta garantia que, quando você mais precisar, há grandes chances de que só irão te jogar de um lado para o outro?